Projeto X 232 – Video Game Awards

segunda-feira 20 de novembro de 2017, por Projeto X Podcast
Modelo_Capa_731x348
Play

E sejam bem-vindos a um Projeto X Podcast cheio de expectativas! Na edição de hoje, vamos comentar alguns dos grandes eventos de games desse final de ano, o Golden Joystick Awards e o The Game Awards. Então, aperte o play e acompanhe Drih, Ether e Jin numa discussão cheia de expectativas e frustrações sobre os prêmios deste ano, mas não se esqueça do traje social, afinal é um evento de gala, não é mesmo? Vamos lá!

Confira nesse podcast:

  • Games e princípios (ou “por que queremos que EA e Capcom se f…”)
  • Hype, essa coisa perigosa
  • Indicações que não fazem sentido
  • E as categorias especiais da equipe!

Participantes:

  • Drih, Ether e Jin

Produção:

  • Pauta: Drih
  • Edição do Podcast: Seiji/Drih
  • Edição do Caixa de Entrada: Seiji

Contato:

Links:

Trilha sonora do podcast:

  • Jump Up, Superstar - Super Mario Odyssey OST
  • Don’t Deal with the Devil - Cuphead OST
  • Main Theme - The Legend of Zelda: Breath of the Wild OST
  • The Weight of the World - NieR: Automata OST
  • Wake Up, Get Up, Get Out There - Persona 5 OST
  • Prologue - Horizon Zero Dawn OST
  • In the Flame - Pyre OST
  • Main Menu Theme - Playerunknown’s Battlegrounds OST
  • Illusion - Hellblade: Senua’s Sacrifice OST
  • Überviolence - Wolfenstein II: The New Colossus OST
  • Inner Light - Destiny 2 OST
  • Go Tell Aunt Rhody - Resident Evil 7 OST
  • Numbers - Life is Strange: Before the Storm OST
  • The Heritors of Arcadia - Fire Emblem Echoes: Shadows of Valentia OST
  • Theme of Samus - Metroid: Samus Returns OST
  • Psy Pawłowa - Superhot OST
  • Stand by Me - Final Fantasy XV OST
  • Heat Haze Shadow - Tekken 7 OST
  • Lazarus - XCOM 2: War of the Chosen OST
  • Inkoming [Wet Floor] - Splatoon 2 OST
  • Edith’s Theme - What Remains of Edith Finch OST
  • Title - Night in the Woods OST
  • Main Theme - Assassin’s Creed Origins OST
  • 2B a Master - NateWantsToBattle ft. Markiplier and Yungtown
Compartilhe:


Comentários

Comentários

  • Henrique Tavares

    Podia muito ter o Stranger Things na categoria de jogo mobile, ele é muito surpreendente.

  • Alexandre Harich

    Mais um excelente podcast!

    Escutando vocês falando do Chrono Trigger, me fez lembrar do jogo I am Setsuna de PS4, PC e Vita de 2016 e lançado esse ano para Switch. Esse jogo foi feito numa proposta da Square-Enix, fundar um estúdio menor dentro dela que será responsável por jogos menores da empresa, sendo o Setsuna o primeiro desses novos jogos e que está com um novo jogo para ser lançado em janeiro de 2018, Lost Sphere.

    A grande ligação de Setsuna com Chrono Trigger, é que ele é seu legitimo sucessor espiritual, diferente do grande… Lixo do Cross, onde possui um sistema de combate extremamente fiel ao seu antecessor e evoluído, porém com uma historia totalmente independente e uma trilha sonora única, tocada ao piano. Muitas referências podem ser encontradas, como combos iguais como a X-Strike ou a famosa Frog Sword.

    Infelizmente, esse jogo trouxe um grande prejuízo a Square-enix pelas suas baixas vendas. Devido tanto pela falta de divulgação da Square quanto o preço elevado para um jogo com cara de Indie.