Especial: FestComix – Nós gastamos lá!

terça-feira 23 de outubro de 2012, por Cabeça
Logo_Fest19_peq-cópia

Neste ultimo fim de semana ocorreu em São Paulo a 19ª edição da FestComix e é claro que o Projeto X esteve presente. Então fique agora com a nossa cobertura sobre o maior evento de quadrinhos de São Paulo.

A FestComix é um evento realizado pela Comix Book Shop e tem como objetivo criar um ambiente cheio de atrações para os colecionadores e apreciadores das paginas quadriculadas. Dos dias 19 a 21 de Outubro, os visitantes puderam encontrar atrações que iam desde pequenos estandes vendendo quadrinhos e mangás antigos, passando por uma área destinada a exposição de coleções de figures até chegar ao “estande” da própria Comix que ocupava mais de 1/3 da área destinada ao evento onde podiam ser encontrados milhares de Hqs e Mangás.
Vejam agora algumas das principais atrações presentes na 19ª FestComix

COMPLETE SUA COLEÇÃO


Acredito que a atração mais intuitiva quando se fala da FestComix é comprar quadrinhos. E realmente este é o maior atrativo para aqueles que colecionam quadrinhos ou até mesmo pretendem começar sua coleção. A própria Comix estava disponibilizando todos os seus produtos com descontos que podiam chegar até 30%.
Agora, aqueles que procuravam algo esgotado nas lojas, por ser um item raro ou até mesmo por ser antigo, também tiveram a chance ampliar sua coleção. Dentro do evento estavam presentes vários estande de Sebos e Lojas especializadas em HQs e mangás. Um bom exemplo é o encadernado da “Piada Mortal” de Alan Moore, que está esgotado ha meses em qualquer comic shop e, procurando pelo evento, achei um pequeno estande que continha três exemplares em perfeito estado.
Além de itens raros aqui no Brasil, era possível encontrar alguns itens importados, que iam de Figures japonesas até quadrinhos encadernados, como a edição de luxo do Asilo Arkham de Grant Morrison.

LANÇAMENTOS EXCLUSIVOS

Outro diferencial de um evento cujo foco é o universo dos quadrinhos é que as editoras deixam para fazer lançamentos de seus produtos no próprio evento, já que uma grande parcela do publico alvo está presente disposta a levar algo inédito.

Alguns exemplos disso são os mangás “RG Veda” (o primeiro sucesso da CLAMP) e o tão esperado “Nurarihyon No Mago” (um dos mais recentes “queridinhos” da Shonen Jump), ambos lançados pela editora JBC.

Já a New POP surpreendeu ao trazer ao trazer o lançamento de 9 títulos. Entre os destaques estão “A Rica Indecente” e “Área 10”, ambos comics noir com o selo Vertigo Crime, sendo o primeiro escrito pelo “caseiro” Brian Azzarello, famoso pelos seus trabalhos em “Hellblazer” e “100 Balas”. Na área de mangás, a New POP lançou o 4º volume de K-ON, fechando assim essa coleção e também trouxe um título da CLAMP: “A Pessoa Amada”, mangá em volume único que compila várias histórias românticas.

A Editora Gal, por sua vez, utilizou a FestComix para lançar mais uma obra com o selo Vertigo: “Nação Fora da Lei – Sangue Entre Irmãos”. Escrita por Jamie Dellano e desenhada por Goran Sudzuka e Goran Parlov.  A obra é uma mescla de faroeste, com suspense sobrenatural e sátira social. A obra foi aclamada pela critica, sendo comparada a clássicos como Sandman, Preacher eTransmetropolitan. Para muitos, essa é a obra-prima de Dellano.

Por ultimo e não menos importante, temos a Panini, que agraciou os leitores com dois excelentes lançamentos. O primeiro lançamento é o nacional “Astronauta – Magnetar”, idealizado por Sidney Gusman e escrito por Danilo Beyruth, “Astronauta” contará uma jornada vivida pelo personagem criado por Mauricio de Souza. Mas não se engane o título não tem temática infantil, ela tralhara temas sérios como a busca pelo desconhecido e o isolamento. Vale a pena dar uma conferida em um material nacional com esta qualidade.

Já o segundo título lançado pela Panini é nada mais nada menos do que “All-Star Superman” (ou Grandes Astros – Superman) um clássico de Grant Morrison. Neta obra, o escocês faz uma releitura da lenda do Homem de Aço, sendo considerada por muitos a obra definitiva do azulão. Título obrigatório aos fãs de Superman, All-Star foi lançado em formato “luxo” e teve suas unidades esgotadas em mais de dois dias de evento. Mais um título que vale a pena adquirir.

CONVIDADOS ESPECIAIS

Outra atração muito importante para os fãs dos quadrados e balões são as personalidades convidadas para dar palestras e ministrar sessões de autógrafos. Dentre essas personalidades estava Daniel HDR, que ministrou uma palestra contando sua trajetória de fã até desenhista de editoras como Marvel e DC.

Outro convidado que marcou presença, e não pela primeira vez, foi Fábio Civitelli. O italiano é famoso por ser escritor do HQ Tex. Civitelli veio para palestrar sobre sua obra “Eu sou o Tex”, também lançada na Fest Comix. Além disso, ele participou de sessões de autógrafos.

Como representantes do nosso país estavam Sidney Gusman e Danilo Beyruth, responsáveis por “Astronauta – Magnetar”, título já citado acima. Ambos participaram de palestras e sessões de autógrafos, sendo os convidados mais assediados nos três dias de evento.

Voltando aos convidados internacionais, tivemos a presença também do Roteirista Jamie Dellano, que veio para o lançamento de “Nação Fora de Lei”. Famoso por ter escrito a primeira revista solo de John Constantine e tendo sido indicado por Alan Moore para tal posto, Dellano ministrou palestras e participou sessões de autógrafos nos dois últimos dias do evento.

Sendo este o único com quem tive contato no evento, fiquei impressionado com a simpatia com que Dellano trata o seus fãs. O inglês foi atencioso ao ponto de lembrar-se de mim quando fui pedir seu autógrafo pela segunda vez, Dellano me recebeu com um sorriso e disse de forma simpática: “You again?”.

Além destes citados, tivemos também a presença de Moreno Burattini, Vitor Cafaggi, Sang-Sun Park, Kim Byung Jim e Roberto Diso.

COLEÇÕES DE DAR INVEJA

Entrando agora na categoria “Mãe, compra pra mim?”, vamos entrar na área que provavelmente causou mais “inveja” na maioria dos visitantes, a exposição de figures.

Organizada pela Limited Edition, colecionadores de figures puderam expor suas aquisições, sejam elas complexos modelos de Lego, como a Estrela da Morte ou Hogwarts, sejam detalhadas figures de One Piece da linha POP.

Dos itens ali expostos, dois chamaram minha atenção, o primeiro pela simplicidade e raridade do item, já o segundo por ser uma coleção que vale meus dois pulmões e um rim, quem sabe dois.

O primeiro é o roteiro do filme Toy Story autografado pelo Tom Hanks (dublador do Woody). Como eu disse, é um item simples, um roteiro, mas que tem uma raridade impressionante. Realmente um item que não tem valor em uma coleção.

Já o segundo não é um item em si, mas sim um conjunto de itens. Estou falando de uma coleção com de mais de 50 miniaturas (aparentemente de chumbo), cada uma representando fielmente um personagem do Universo da DC Comics. Uma coleção que qualquer DCNauta ficarias horas admirando.

PS: Tão incrível quanto esta ultima coleção, é o fato de que o Rodz conseguiu dizer o nome de todos os personagens presente na coleção. Ainda acho que ele inventou alguns nomes de personagens que eu nunca vi, mas vamos lá.

PALESTRAS

Como já perceberam, durante a Comix Fest foi possível acompanhar diversas palestras de escritores, desenhistas e editoras. O Projeto X esteve presente em duas palestras destinadas a mostrar os futuros lançamentos de duas das maiores editoras de nossa pátria: A Panini e a JBC.

Devido à importância destas palestras e a inconveniência de fazer uma postagem gigante, a cobertura das duas palestras poderão ser encontras a partir de amanhã aqui no nosso blog, sendo um texto para cada palestra. Não deixem de voltar e conferir!

Cobertura Palestra JBC

Cobertura Palestra Panini

Revisão: Flavio Kiba
 
 
————————————————————————————————————
 
 
 
Cabeça ainda tem esperança que Geoff Johns virá ao Brasil autografar o seu Green Lantern: Rebirth
Compartilhe:


Comentários

Comentários